Visitar Bern vale muito a pena!

Discreta e pequena, hoje com 135 mil habitantes, Bern é a sede do Parlamento Suíço desde 1848. Escolhida por sua posição central, e proximidade com a Suíça Francesa, a capital da Suíça fica a apenas uma hora de trem, saindo de Zurique ou de Lausanne. Acho muito chato ficar mudando de hotel portanto digo aos meus hóspedes que visitem Bern em um dia, indo para lá de trem ou de carro. Dá também para conciliar a visita com Gruyères...

Existem bicicletas para serem emprestadas aos turistas (yes, it’s free!) mas eu adoro mesmo é andar a pé por lá! A pé dá para olhar os detalhes e sentir o clima desta cidade Suíça Alemã super moderna e ao mesmo tempo bastante tradicional. Bern tem 6 kms de arcadas, o que permite ao pedestre circular protegido, independentemente das condições climáticas. É o mais longo calçadão coberto da Europa e tem lojas de design e roupas super transadas!

Como a maioria das cidades medievais, a localização de Bern foi escolhida para dificultar o acesso dos inimigos. Posicionada no alto e rodeada pelo limpíssimo Rio Aare, Bern destaca-se pelo contraste das cores do rio, um turquesa-esmeralda maravilhoso e do arenito, usado na construção de casas após o devastador incêndio em 1405. Pontes altíssimas e imponentes completam o cenário. Um arraso!

Após uma visita à Cidade Antiga, muito bem conservada no estilo medieval, ninguém se surpreende ao saber que desde 1983 Berna é considerada pela UNESCO Patrimônio da Humanidade.

Mantém ainda as suas torres, antigamente usadas para monitorar a entrada da cidade e depois transformadas em prisões. Hoje a torre do relógio é uma das principais atrações turística de Bern. Todo mundo pára três minutos antes da virada das horas para ver o relógio tocar, com direito a galo, urso e bobo da corte, que juntos anunciam o fim de outra hora.

Existe em Bern mais de 200 fontes super bem conservadas do século XXIV. Em diferentes formas e cores, algumas são famosas por retratar a história e a cultura suíça e ficam no meio das ruas. Conferem um charme especial a cidade.

Tem também ruelas estreitas e charmosas, e praças lindas, que se tornam um enorme mercado aos sábados e terça feiras de manhã. O Suíço adora prestigiar o produtor local e geralmente não se aborrece em gastar um pouco mais para garantir a qualidade e o frescor de seus produtos. O mercado é uma visita deliciosa onde agricultores locais levam seus produtos e interagem diretamente com os seus clientes. É uma festa de cores, cheiros e sabores. Tem que visitar para entender!

Bern é também a cidade onde Einstein escreveu a teoria da relatividade e a casa onde ele viveu foi transformada em um pequeno museu. Como engenheira, confesso que não resisto ao charme de Eisntein, mas achei o museu bem pequeno e não sei se recomendaria para todo mundo!

Achei bem interessante saber que a catedral de Bern é um dos poucos monumentos que passou pela Reforma Protestante e que conseguiu manter algumas imagens católicas, como o detalhado Juízo Final na porta da entrada principal. Olhando com atenção, é bastante louco imaginar que aquelas esculturas minúsculas e muito bem conservadas fazem fortes críticas às sociedades por mais de seis séculos! A catedral tem a mais alta torre da Suíça e esta pode ser visitada oferecendo uma vista espetacular da cidade.

Os jardins do parlamento oferecem uma vista desbundante para as montanhas e para o Rio Aare. Aliás, a vida social acontece nos parques, pelo menos no verão: é lá que os bernense vão jogar bocha, xadrez nos tabuleiros enormes, fazer picnic ou festejar aniversários ao ar livre. Nos dias de verão é também programa nadar no rio ou frequentar a piscina pública da cidade.

Bern é a cidade dos Ursos... e eu vou contar isso em detalhes em um outro blog, portanto é fundamental visitar o parque dos ursos e de lá aproveitar para dar uma olhada no minúsculo e gratuito Museu da Marca Suíça (Swiss Brand Museum)! Neste museu a gente percebe o quanto o Suíço ama a tradição mas tem um lado vanguardista.

Vale muito a pena visitar Bern. Não dá para perder.

Mais sobre este assunto? Clique aqui:

Bern e os ursos

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now