Annecy, imperdível a partir de Genebra


Quando tenho visitantes por aqui sempre sugiro Annecy. E não é injusto com a Suíça levar os visitantes até a França pois a história de Annecy, localizada entre Genebra e Chambèry, se misturou com a da Suíça por muitos anos.

Formada no século XI a cidade de Annecy aproveitou de sua localização, entre os Pré Alpes franceses, e de suas colinas para proteger-se das frequentes invasões da época. Seus muros medievais têm conservação invejável e ainda hoje guardam com charme o centro antigo. Sua localização também permitiu que o Condado de Genebra se mudasse para lá, no século XII, quando em conflito com os Bispos de Genebra.

No século XVI, com o avanço do Calvinismo em Genebra, Annecy tornou-se um importante centro para a reforma da igreja católica e abrigou o clero que mudou-se as pressas de Genebra. Virou então a Roma dos Alpes, pois durante muitos anos hospedou uma quantidade imensa de autoridades católicas que viviam por lá. Com tantos católicos importantes chegando, precisavam de igrejas... é por isso que Annecy tem um número expressivo de igrejas, além de ter também uma catedral.

Para quem adora conhecer igrejas Annecy é um prato cheio. Igreja St Maurice, São Francisco de Sales e a Catedral St Pierre são exemplos interessantes de arquitetura para visitar.

Annecy já pertenceu a Dinastia de Genebra e ao Conde de Savoir. Foi conquistada pela França durante a Revolução Francesa e depois devolvida à Savoir. Depois de muitas indas e vindas, finalmente em 1860 Savoir foi incorporado à França. E lá ainda está!

Hoje Annecy é uma cidade com 53 000 habitantes, localizada no departamento de Haute Savoir, região do Rhône-Alps. É conhecida como a Veneza Francesa, por estar as margens do Rio Thiou, do Lago de Annecy e por ter inúmeros canais abertos e subterrâneos. É uma cidade medieval charmosa e muito romântica.

É na margem do lago, conhecida por Le Pâquier, que a vida social de Annecy acontece.

Manifestações, festas, esportes, tudo acontece por lá! É de lá que saem os barcos que param em cidades pequenas e charmosas na beira do lago, como Talloires.

O lago tem uma margem de 32 Kms mas é necessário percorrer 42 Kms para se dar a volta completa de bicicleta, visto que nem sempre a margem é pavimentada. Foi limpo nos anos 50 e assim permanece, abrigando diversos tipos de peixes.

Conhecida por sua gastronomia elaborada, Annecy abriga três importantes restaurantes com estrelas Michelin. Abriga também bons hotéis e restaurantes localizados a margem do Lago, o que os torna charmosos e muito românticos.

O edifício mais conhecido de Annecy é o Palais de L’Ile, uma construção medieval que já foi prisão, casa da moeda e torre de vigilância e que pode ser visitado. O característico edifício triangular que divide o rio Thiou ada mais é que a parede da capela do Palais de L’Ile.

Jean Jacques Rousseau, o famoso filósofo suíço, foi um visitante importante de Annecy. Em 1728, aos 16 anos, já inquieto e curioso, foi aconselhado a visitar Annecy, onde ampliaria seus horizontes. Lá deveria procurar uma senhora, Madame de Warens, que seria sua tutora, lhe introduzindo a cidade. Quando lá chegou, ficou surpreso que a tal senhora era linda e só tinha 28 anos. Apaixonou-se loucamente por ela, de quem foi amante por muitos anos. Foi em Annecy, morando com Mme Warens em frente ao conservatório, que Rousseau interessou-se pela música e pela filosofia. Em suas memórias escreveu que gostaria de erguer um monumento no local onde viu pela primeira vez Mme Warens. A cidade muitos anos depois realizou o desejo! Romantico, não?

E para quem não se estressa de subir ladeiras, vale muito a pena conhecer o castelo. Construído entre os séculos XIII e XVI, o Château apresenta diferentes estilos, cada um adotado por um dos seus nobres moradores. Hoje ele abriga um museu de arte moderna e contemporânea e para quem não se interessa muito por arte, um programão é subir a ladeira só para se deliciar da vista que ele oferece para o lago e para as montanhas do pré-Alpes.

Annecy tem também ruas de comércio super simpáticas. Gosto particularente da Rue Carnot, que além das lojas de ruas te leva até o shopping Courrier, onde estão FNAC, Sephora e Monoprix, entre outras. Para presentes e coisas de casa, adoro a Zara Home.

Annecy é uma cidade bastante turística mas não poderia ser diferente, com tanto charme, todo mundo quer visitar!

Para os gourmets que querem fugir da multidão de turistas, sugiro minha rua predileta, Rue Filaterie, onde entre arcos charmosos encontram-se lojas de especiarias cheias de coisas gostosas, queijos, lojas de vinhos e até uma boulangerie onde pode-se comer o famoso pain St-Genis, uma brioche feita com pralines. Fazer compras por lá e depois montar um pic nic no lago, não tem preço! A-D-O-R-O!!!!