O canivete Suíço


Em inglês a tradução para canivetes é Swiss knife, ou literalmente faca suíça. Não preciso dizer muito... os canivetes são associados a Suíça, maior fabricante deste produto de alta precisão.

Diz a lenda que no início do século passado o exército suíço queria encontrar uma ferramenta que fosse leve, versátil, fácil de carregar, segura e resistente. Foi solicitado então a seus profissionais que desenvolvessem um projeto. Acabou virando o canivete que conhecemos hoje.

De lá para cá este mercado foi se adaptando e ganhando usuários em diversas outras áreas, como esportivas e profissionais. E cada vez são mais criativos em colocar coisas neste porta segredos dobrável. Já ví uns com lanternas, USB, laser point, canetas e assim vai...

Os mecanismos de funcionamento também foram sendo aperfeiçoados com o tempo. Existem canivetes que permitem abertura com uma única mão, aberturas automáticas e dispositivos de altíssima precisão.

Objeto associado a um país que adora tradição, o canivete suíço tem mantido a linha clássica por fora, independentemente de algumas tímidas ousadias nas cores e no design. Prevalece quase que sempre o tradicional.

Ouvi dizer que o único componente dos canivetes suíços não fabricado no país é o saca-rolhas. Não sei se é verdade mas imagino que seja difícil vender um canivete sem saca-rolhas em um dos países que tem o maior consumo percapita de vinho do planeta. Os canivetes já me salvaram em muitos picnics.

É inevitável pensar em canivetes quando se pensa em Suíça, e vice versa. E claro, visitando o país, quem resiste e volta para casa sem um? Junto com os chocolates e relógios, o canivete encabeceia a lista do “O que comprar na Suíça?”.

É um excelente presente de viagem, e um prático brinde de empresas. Não tem quem não goste e não se fascine em desvendar cada uma das mil ferramentas inteligentemente escondidas no clássico objeto vermelho.

O problema é que a gente se empolga algumas vezes e acaba comprando uns com tantas coisas que na hora de usar não sabemos que lâmina abrir. É como menu de pizzaria com 254 opções, dá um trabalho escolher! Hoje o meu é o simples, tradicional, sem muito fricotes. E vermelho. Prefiro assim.

Existem lojas especializadas em canivetes espalhadas por todos os cantos da Suíça. Muitos são também oferecidos em lojas de turismo mas, a não ser que se procure algo super específico, recomendo comprar nas lojas de departamento Coop City ou Manor, certamente com os melhores preços e as melhores opções.

E claro, tem que lembrar de colocar na mala assim que chegar no hotel. Se ficar perdido no fundo da bolsa ele acaba sendo retido no controle dos aeroportos. Adeus, sem nenhum perdão! Já perdi alguns...