Carte Journalière, barata e conveniente


O transporte público na Suíça é impecável. Preciso, pontual, limpo, organizado e muito bem integrado. Com o transporte público daqui podemos circular no país inteiro, sem restrições. Mas, as vezes, ele pode ser caro.

O que muitos não sabem é que várias communes, as prefeituras daqui, oferecem a seus habitantes a opção de adquirir uma “Carte Journalière”, ou o passe diário de transporte, por um preço super bacana. Com esta carta é possível utilizar todo o transporte suíço durante um dia inteiro.

Na que eu moro, a Commune de Saint-Prex, uma enorme cidade de 6,000 habitantes, oferece 5 passes por dia por CHF 40.- (quarenta francos suíços). Cada habitante pode comprar até 5 passes por mês.

O que descobri, meio sem querer, é que no dia de validade do passe, se der sorte de ainda encontrar a Carte Journalière disponível, ela é vendida pela metade do preço, ou seja, por CHF 20.- (Vinte francos suíços).

A regra muda de commune para commune. Os números de cartas e preços variam, mas vale checar.

Nossa commune tem um site internet que informa a maioria das atividades e serviços oferecidos. Recentemente instalaram um controle dos estoques destas cartas de maneira que todo cidadão pode ver se existem cartas disponíveis ou não na prefeitura para um determinado dia.

Outro dia fiquei animada para passear, aproveitando os últimos dias da primavera, antes da previsão da chegada do frio se concretizar. Metereologia indicava céu azul e sol no dia seguinte. A noite verifiquei o site da prefeitura e vi que ainda havia carta disponível. Sortuda eu! Dia seguinte, pontualmente às 8 da manhã, estava eu na prefeitura. Paguei CHF 20.- e fui para a estação de trem, onde comecei minha aventura pegando o trem das 08:11.

Foi um dia espetacular. Eu e eu.

Fui até Lausanne, de onde peguei o trem para Lucerna. Fiz um passeio lindo de barco e subi até o topo da montanha Rigi. Escrevi sobre este passeio aqui.

Voltei para casa tarde, cansada pela distancia e altitude, mas super feliz. A Suíça é muito linda para ficar trancada em casa, ainda mais se puder só gastar CHF 20.-!.

Mas a melhor parte é a sensação de fazer o bom negócio. Se tivesse comprado todo o passeio sem nenhum desconto no transporte, teria gasto CHF 239.-.

PS. A Carta Journalière também pode ser comprada nas bilheterias de trem, por um preço maior, mas ainda menor que o preço do bilhete sem desconto. O Coop, supermercado suíço, de vez enquando oferece estas cartas com um preço promocional. Vale investigar se quiser fazer um bate-volta.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now